Carlos Issa

W1siziisijrmotuzytmzzdg5zge3ndk5ndawmdaxmijdlfsiccisinrodw1iiiwinti4edm0nsmixv0

Carlos Issa, músico e artista visual paulistano, é o nome por trás do projeto de música experimental Objeto Amarelo, criado em 1999. Tocando todos os instrumentos e usando um estúdio portátil de quatro canais, produziu sete discos e uma fita K7 que ganharam a mídia especializada. Considerando palco e estúdio ambientes com possibilidades diferentes, o repertório dos shows do Objeto não tenta reproduzir as músicas apresentadas nos discos, mas surge antes como complemento e resposta. Constantemente alterando formações e buscando novos espaços para performances, fez diversas apresentações em galerias de arte, festivais e shows caseiros, expandindo o circuito da música alternativa e promovendo seu encontro com a arte sonora. Seu segundo disco, Panzertunel, de 2002, tem influências que vão do minimalismo punk, passando pelo lado mais experimental da Tropicália e o resgate de conceitos da obra de John Cage. Seu lançamento ocorreu na Galeria Vermelho e teve as projeções dos artistas Angela Detânico e Rafael Lain. Já colaborou com os músicos internacionais Damo Suzuki, Dan Bitney, Kevin Drumm e Rob Mazurek e os brasileiros Maurício Takara, Akin (AFASIA) e Ricardo Carioba. Além da colaboração com os artistas Leandro Lima e Gisela Motta no video “Em Andamento”, apresentado no New Museum, em Nova Iorque. Ao lado da música, desenvolveu sua linguagem visual com capas de discos, cartazes e exposições em espaços independentes, participando de coletivas na França, Inglaterra e Espanha. Em 2010 tem um panorama dessa produção como artista e curador apresentado na sessão Mauditos, a parte histórica da mostra de arte urbana e contemporânea TRANSFER.

obras