sobre

W1siziisijuzmddhm2zmzdg5zge3nwmxntawmdawmijdlfsiccisinrodw1iiiwinti4eduyocjdxq

A LOGO foi fundada em 2011 por dois de seus atuais sócios, Carmo Marchetti e Marcelo Secaf, além de Lucas Ribeiro, jornalisa e curador independente que fez parte do time administrativo da galleria até maio de 2014. Marchetti possui graduação em História da Arte pela Universidade de Roma (Università di Roma), tendo também estudado no Institute of Contemporary Art e na Sotheby’s, ambos em Londres, Reino Unido; já Secaf é colecionador e consultor de arte contemporânea. Integrou ainda o Conselho Administrativo da Pinacoteca do Estado de São Paulo por seis anos, quatro deles como presidente.
-
Projetada pelo renomado arquiteto brasileiro Felippe Crescenti, a LOGO está localizada no espaço que foi originalmente ocupado pela Subdistrito, uma das primeiras galerias de arte contemporânea nos anos 80, agora parte da história da cena artística de São Paulo. Apesar do endereço ser conhecido, a proposta da LOGO é nova: apresentar e discutir arte que emerge de movimentos da contra-cultura em relação à arte contemporânea, abraçando iniciativas das cenas de música underground, artes gráficas, novas mídias e cultura urbana. Uma visão que considera a produção dos artistas em toda sua amplitude, além dos circuitos das galerias e museus, evidenciando a relevância de suas obras para a sociedade.
-
Desde a sua inauguração, em agosto de 2011, a LOGO foi celebrada na imprensa, em veículos como Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo, Select, Bamboo e Isto É, destacando-se em feiras de arte contemporânea, como a SP-Arte e a ArtRio. Em seu programa expositivo, mostrou individuais extensas, como a exposição Obra, de Fabio Zimbres e Reprovado, de Sesper; ambiciosos projetos internacionais, como a coletiva Preguntame Como; percursos reunindo obras de diferentes décadas da produção de um artista, a exemplo de S.I.G.L.A., de Patricia Furlong, e diálogos com nomes emblemáticos da arte contemporânea brasileira, como a mostra Solitário inconformado, de Leonilson. Seus artistas rapidamente passaram a integrar importantes coleções de arte particulares e institucionais, como foi o caso de Sesper (Itaú Cultural), Fabiano Rodrigues (Banco Espírito Santo, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Instituto Figueiredo Ferraz) e Lin Yi Hsuan (Instituto Figueiredo Ferraz).

-
Facebook
Instagram
Twitter
Pinterest
-

contato

info@galerialogo.com


rua artur de azevedo, 401

sp / brasil cep 05404-010

veja o mapa

tel fax

+5511 30620865 +5511 30622381


newsletter

receba nossa newsletter:

enviar